Uma Soneca Filosófica

Senhor no sofá - foto de pt.deposiphotos.com

Senhor no sofá – foto de pt.deposiphotos.com

Uma soneca filosófica

A noite era sempre bem-vinda na casa dos Açores. As velas, os lampiões e o fogão de lenha eram acesos com o cair da tarde. Conforme a escuridão invadia a casa, o brilho amarelado das chamas tornava o ambiente charmoso e aconchegante.

Magda na cozinha preparava o jantar. Morava ali na casa ela e o pai, um senhor silencioso e inteligente amante da filosofia.

Ela o admirava por seus pensamentos e por seus conselhos sempre acalorados de positivismo e racionalidade, algo que trazia pra vida deles um equilíbrio emocional.

Ali na cozinha ela observava o velho pai sentado na poltrona que lhe era favorita e que havia adormecido com o livro que lia nas mãos.

Magda preparou a mesa para o jantar e caminhou até o pai para despertá-lo. O pai sonhava que era um grande pensador do século XVII e quando despertado, olhou para a filha e falou:

– Podemos escolher entre estar feliz ou estar triste? Temos como optar por esta escolha?

Magda olhou para o pai com carinho, lhe segurou as mãos e falou:

– Ah, papai! Sonhando outra vez… Venha, vamos jantar.

Por Laynne Cris

2 respostas para Uma Soneca Filosófica

  1. danaflowers disse:

    Adoro contos, parabéns!!!

    Curtido por 1 pessoa

Sua opinião é muito importante para mim! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s