10 Dicas para Escrever Bem

post aula 03

Olá, Pessoal.

Hoje é dia de mais um post-aula referente ao Projeto “Aprender com Prazer”. Se essa é a primeira postagem que lê, de uma conferida nos links abaixo e confira os anteriores e conheça como funciona o projeto.

Projeto Aprender com Prazer:<https://laynnecris.wordpress.com/2015/11/04/projeto-aprender-com-prazer/&gt;

A origem do Halloween (Post-aula 01)

<https://laynnecris.wordpress.com/2015/11/05/o-origem-do-halloween/&gt;

Gêneros Literários – Parte 01 

<https://laynnecris.wordpress.com/2015/11/09/generos-literarios-parte-01/&gt;


E o anjo que colaborou desta vez foi a Natália Assis, do blog Only Secret Dreams, que inclusive tem realizado um projeto super bacana: Incentivando a Leitura. Quem não conhece, vale a pena conferir e contar a sua história com a leitura lá no blog da Nath.

Você com certeza vai ajudar bastante a espalhar um pouco de experiência no “ar” sobre como ler, como gostar de ler, etc. E, ainda incentivar alguém lá do outro lado da tela, que talvez identifique com sua história a descobrir este prazer de ler!

Ler é muito bom! E todos tem o direito de descobrir esse prazer!

“Eu costumo associar a leitura ao nascimento. […] Uma delas é ser um leitor e essa escolha o faz existir para si mesmo (JULIANA LIMA – Fabulônica).

divisor de texto

Agora chega de conversa e vamos a aula. Pegue um papel e caneta e faça anotações. Pesquise e participe conosco.

10 Dicas para escrever BEM.

Estudar. Caso você olhe no dicionário este verbo irá te remeter a vários significados.

imagem 01 P03

Mas, o que realmente significa isso para você? Você estuda por obrigação ou porque realmente gosta? 

Quando estamos na escola, temos a obrigação de estudar para passarmos de ano e tudo o mais. Mas ao longo da vida somos direcionados a escolher uma profissão e o legal seria escolher algo que realmente gostamos.

Sabemos que tem muitas pessoas por aí que levam apenas o dinheiro em consideração. Pelo menos conheço algumas, assim como eu, que sempre priorizamos o fato de gostar daquilo que faz.

Afinal é muito mais prazeroso e irá te deixar muito mais feliz trabalhar em algo que gosta do que algo que não aprecie. No entanto, momentaneamente, isso não vem ao caso para dar o “start” neste nosso post-aula.

Estudar te traz conhecimentos! E, esse conhecimento adquirido ao longo dos anos, ninguém tirará de você. Talvez esse seja a maior beleza do estudo, você aprender e ao longo dos anos pode colocar todo o seu conhecimento em prática. 

Mas, uma coisa comum á todos que deseja estudar e conquistar uma boa carreira e não tem como fugir é a língua portuguesa. Falamos o mesmo idioma.  Certo?

imagem 02 P03

Mas, como escrevemos o nosso idioma?

Quando escrevemos, fica registrado – diz um professor meu. Diferente da oralidade, e apesar de termos que falar corretamente, é na hora da escrita que o “bicho pega”. Pois para uma maior clareza na comunicação precisamos nos adequar á algumas regras da nossa gramática.

Então, pensando nisso e também da minha mais recente paixão pela escrita, pois desde quando criei o blog tenho buscado cada vez aperfeiçoa-la e escrever corretamente, vão algumas dicas de aprendizado que tem feito parte do meu cotidiano:

E essas são algumas dicas que desejo dividir com vocês.  Pra quem sabe, um reforço e quem não sabe, vamos aprender e praticar.

A falta de atenção e revisão são juntos um dos maiores inimigos de um texto bem escrito.

1.      Nunca separa SUJEITO do PREDICADO.

Ex.:

a)      O cão está latindo. (em negrito sujeito e o restante predicado)

Em ordem direta não se usa vírgula, pois não se deve separar o sujeito da ação.

b)      Brincavam despreocupadas as crianças. (em negrito sujeito, o restante predicado)

Na ordem inversa também não se usa a vírgula. Mas, note que o sujeito ocupa agora a posição final da frase.

c)      Despreocupadas, as crianças, brincavam. (Negrito sujeito)

Sujeito no meio do Predicado. Nesta situação isola-se o sujeito entre vírgulas.

linha divisória

2. Evite aqueles períodos enormes. Isso deixará seu texto cansativo e pode correr o risco de não ser lido.

linha divisória
3.      Não se usa crase diante de palavras masculinas, somente femininas.

linha divisória

4.      Verbo “haver” no sentido de existir deverá permanecer sempre na 3ª pessoa do singular.

a)      Ex.: Há muitas pessoas aqui.

Dica: Lembre-se de nunca escrever => Essa roupa tem tudo haver com você.

Totalmente ERRADO.

Escreva: Essa roupa tem tudo a ver com você.

b)      O verbo “fazer” quando indica tempo, deve ser escrito de forma impessoal, e também será sempre no singular.

c)      Ex.: Faz três anos que não vejo meu tio.

linha divisória

5.      A regra geral da concordância verbal é que o verbo sempre concorde com o sujeito, ou seja, se o sujeito estiver no plural o verbo também estará.

a.       Ex.: Nós ficamos felizes com a notícia. (Nós – sujeito; 1ª pessoa do plural).

linha divisória

6.      Não se pode começar frase com o pronome oblíquo átono

(me, te, se, o, a, lhe, nos, vos, os, as, lhes)

Ex.: “te telefono”, “te amo”, “te pego mais tarde”, “te peguei” etc. O problema dessas frases é a colocação pronominal. NUNCA inicia frase com o pronome oblíquo átono. Embora usamos muito para escrever textos que imitem a oralidade.

a)      Amo-te. / Diga-me

linha divisória

7.       Evite a repetição de palavras. Procure palavras sinônimas, além de ficar um texto mais interessante, isso também ajuda a enriquecer o seu vocabulário.

linha divisória

8.      Uso de palavras que não existe ou geram sons estranhos – a famosa cacofonia!

a)      A gente vai à praia. Correto => Nós vamos á praia. (agente = 007)

b)      Eu amo ela. Correto => Eu a amo.

c)      Eu vi ela.  Correto => Eu a vi.

 Ex.: Aquele agente da polícia prendeu o ladrão. (agente – substantivo)

linha divisória

9.      Uso de “Mais” e “Mas”

a)      Mais  =  advérbio de intensidade (quantidade) ou conjunção aditiva (adição/Acréscimo).

Ex.: Quero mais chocolate.

b)      Mas = conjunção adversativa (oposição). Ex.: Gosto de chuva, mas odeio relâmpagos.

linha divisória

10.   Uso de “Mal” e “Mau”.

a)       Ex.: Ela está sempre de mau humor. (contrário de bom)

b)      Ex.: Ele dirige muito mal. (contrário de bem)

linha divisória

Então, galera! Gostaram das dicas?

É sempre legal evitar erros grosseiros no português, sempre que não souber uma palavra, procure um dicionário, tanto quanto a grafia quanto a semântica.

Leia sempre. Ler mais auxilia a escrever melhor! Mantenha o foco na leitura e perceba as palavras. Não faça uma leitura mecânica. Esses hábitos com certeza vai ajudar a produzir uma texto com maior segurança!

Não usar palavras e termos que desconheça o significado ou termos muito rebuscados. Às vezes queremos enriquecer o nosso texto e escrevemos um “convidar-me-ão” e acaba não combinando ou passando uma imagem equivocada do escritor. Deixe esse capricho para textos que tiver um estilo mais clássico e que remete ao uso desta estilo de linguagem.

Outra dica infalível é sempre reler várias vezes o seu texto (preferível em voz alta) antes de achar que ele está definitivamente pronto.

Bom, pessoal essa é a dica de hoje.

Espero que gostem e pratiquem. Não tem mágica para melhorar na escrita.

Só muita prática.

Obrigada por ter lido até aqui.

Laynne Cris e Nath

Anúncios

Sobre laynnecris

Sou Elaine C. Andrade. Hoje (2017) tenho 38 anos. Sou apaixonada pela leitura e por escrever. Sou formada em Pedagogia e pretendo me especializar em Inglês, alfabetização e gestão escolar. Tenho uma fascinação por músicas e Inglês. Atualmente tenho me dedicado muito na busca da fluência e sou professora alfabetizadora em Inglês. Minha meta é passar no exame da IELTS e talvez morar fora um tempinho. A leitura é para mim um meio muito prazeroso de poder atingir locais e lugares inimagináveis, além de ser uma terapia e uma fonte de conhecimento sem fim. E quando aprendemos nos proporcionar esses momentos para entretenimento, ler torna-se uma atividade necessária para o dia a dia. Também gosto de desenhar, colorir, ouvir músicas. No entanto, faço com menos frequência (só quando surge aquela vontade enorme ou sobra um tempinho). Agora ler nunca estou sem ler algo e onde vou tenho um livro comigo. Me sinto mal se não posso ler. É uma necessidade. Embora ultimamente tenho lido mais livros técnicos e materiais em Inglês. Nasci em Suzano e atualmente moro num bairro de Mogi das Cruzes e estou aprendendo a me adaptar por aqui. Também adoro participar de comunidades de leitura no facebook e canais literários do youtube. Conhecer pessoas, descobrir novos talentos e as vezes encontramos pessoas muito maravilhosas. Enfim, sou uma mulher e profissional comprometida e apaixonada pelo que faço, amo minha minha família e amigos mais que tudo neste mundo. "Que aonde eu passar eu faço amigos e possa agregar valores e aprender também". Laynne Cris
Esse post foi publicado em Língua Portuguesa e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

52 respostas para 10 Dicas para Escrever Bem

  1. JkMonde disse:

    Muito legal esse projeto. Muito além de um incentivo 😀

    Curtido por 3 pessoas

    • laynnecris disse:

      Que bom que curta… Bora estudar um pouco e relembrar, né… Estou adorando demais, ainda mais que estou estudando para um concurso… Tem coisas que só se aprende com o uso frequente e uma prática mais observada.

      Beijão. E se quiser participar… A porta está aberta!

      Curtido por 3 pessoas

  2. roccalex1 disse:

    Parabéns a vocês duas. Este projeto de vocês é espetacular.
    Grande beijo.
    Alex

    Curtido por 3 pessoas

  3. Raphaella Cabral disse:

    Dicas simples que podem mudar totalmente a cara de um texto.
    Saber gramática é essencial pra escrever bem.
    ;*

    Curtido por 2 pessoas

  4. Lay, adorei ter participado deste projeto ❤ Fui uma experiência maravilhosa, além do contato que tive contigo :))
    Estou amando esse projeto e com certeza ele irá prosperar mais ainda. Obrigada por ter contado com a minha participação! E obrigada também por ter falado um poquinho sobre o meu projeto hehe. Quando eu arranjar um tempinho (coisa que essa semana vai estar difícil rs) eu vou postar lá no meu blog sobre esse projeto, contando sobre e tudo o mais, tá aprovado?
    Beijão querida :*

    Curtido por 1 pessoa

  5. Juliana Lima disse:

    Caracolis ! Como minha frase veio parar ai???? ehehehehe Amei!
    Excelente dicas Nath!
    Nesse mundo da blogosfera temos o hábito de escrever de forma coloquial e, na grande maioria das vezes, pecamos quanto ao uso da linguagem padrão. Com essas pequenas dicas certamente dá para produzir textos muito mais claros.
    Lay, mais uma vez, seu projeto é lindo e está ficando cada vez melhor.
    Beijos meninas S2

    Curtido por 2 pessoas

  6. Cris Campos disse:

    Adorei as dicas meninas! Agora vou deixar uma frase pra vocês pontuarem e tudo mais, como exercício pra mente, pode? então lá vai:

    “maria quando toma banho sua mãe diz ela traga me uma toalha”

    que tal?

    Bjos!

    Curtido por 2 pessoas

  7. Letícia disse:

    Lay! Achei muito massa esse post. Adorei a diquinha sobre usar “crase”, confesso que as vezes rola aquela confusão hahah (ou o celular corrige sozinho, mas corrige errado Y_Y”). Ótima participação da Nat, alias! Dois talentos unidos *-* hahah. Tô adorando esse projeto do blog e tenha certeza que fará muito sucesso! Nem todo mundo se prontifica a “ensinar” pela internet hoje em dia e o que tu faz é brilhante.
    Beijinho :*

    Curtido por 2 pessoas

  8. Obrigada Alex querido :))

    Curtido por 1 pessoa

  9. Acredita que tenho essas dicas anotadas num papel e quando posso repasso meus textos com.elas em mãos?
    Nunca fui o melhor da sala em português, mas o amor pelo idioma existe, e suas dicas são ótimas pra quem se interessa pela escrita, e também para um simples aluno de alguma escola… Parabéns Laynne, projeto maravilhoso!

    Beijooooos!

    Curtido por 1 pessoa

    • laynnecris disse:

      Gil, obrigada pelo carinho de sempre. Realmente escrever bem é mais que saber (conhecer) e ter esse olhar, esse cuidado, essa percepção. Com o tempo acredito que vamos adquirindo experiência com o hábito de escrever certo. Por isso alguns professores morrem de medo dos vícios da escrita gerados pela internet, pela oralidade… mas, a língua é dinâmica e viva. No entanto, acredito que têm coisas que precisam ser observadas para uma boa compreensão e uma melhor comunicação.

      Um grande abraço

      Curtido por 1 pessoa

  10. Pingback: Uma singela HOMENAGEM | Meu Espaço Literário

  11. Ahhhhhhhhhhhhh mas é muita coisa *Choro*

    Curtido por 1 pessoa

  12. Pingback: Projetos + 10 dicas para escrever bem |

  13. Pingback: Post aula 09 – Qualidades e Defeitos de um texto | Meu Espaço Literário

Sua opinião é muito importante para mim! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s