TAG Scarlet Moon Blogger Award

Tag Scarlet Moon

Olá! Pessoal! Tudo bem? Bom, quando lerem essa postagem será sexta-feira e espero que tenha um tempinho para vir comigo nesta tag tão filosófica!

E quero aproveitar o espaço para responder a mais uma TAG (antes que acumule muito… rs). E essa Tag fui indicada pela Silvia Souza do Blog Reflexões e Angústias. Com a Sílvia tenho realizado uma parceria numa leitura que tem sido muito proveitosa e gratificante, portanto é um prazer ler um pouco sobre ela e ter conhecido alguns blog’s que ela indicou para responder essa TAG que ainda não conhecia.

Pelo que pude perceber, a Tag Scarlet Moon segue sem muitos critérios estabelecidos e as perguntas que a Silvia deixou são um tanto quanto profundas e me permiti um tempo para focar acerca delas e o que elas significam para mim.

Devo então fazer outras 03 questões de tema que eu achar conveniente e indicar os blog’s para respondê-la. Isso é legal e pensei em algo que tem a ver com a Temática do meu Blog.

As perguntas da Silvia:

  • Qual a coisa mais essencial na sua vida (aquilo que faz tudo valer a pena)?

Oi, Silvia! Essa pergunta é bastante provocadora. Já me senti em alguns momentos da vida sem essa convicção de algo que fosse vital para a minha existência. Tipo qual o propósito de nossa existência.

E posso hoje dizer seguramente que o que me motiva continuar é a minha filha. É pensando nela as vezes que nunca deixei de acreditar e lutar, mesmo quando passei por momentos em que achei que deveria abrir mão de algumas coisas.

Temos nossos anseios e sonhos, mas hoje sou tão realista e racional que não são eles que me movem, (como acontecem quando somos mais jovens). O que ás vezes torna-se um problema, se pensar bem.

Então, é isso! O essencial na minha vida é estar bem com a minha família e conseguir ser uma melhor mãe, embora tenha consciência que me falta muito ainda para chegar perto desse “status”.

  • O que significa solidão para você?

A solidão pra mim é um momento em que preciso dedicar pra mim. Mas, também tem aquele aspecto em que as pessoas se isolam do mundo e se fecham para ele. Acredito que dependendo da influência que a solidão tenha na vida de alguém pode ser prejudicial.

Mas, no meu caso é um bem, pois eu necessito desse momento de silêncio. Às vezes o dia a dia, aquela poluição sonora de pessoas falando para si mesma (porque hoje em dia as pessoas não conversam – tem monólogos em duplas), e todo o barulho que o mundo tem causa um certo estresse e eu preciso fugir para meu abrigo.

Por exemplo, moro em um bairro de uma cidade de São Paulo e não quero por nada no mundo morar na grande São Paulo. Só de ter que estar naquelas ruas, naqueles lugares cheio de pessoas indo e vindo me causa um cansaço mental.

Sempre preferi um livro a uma ida á um barzinho. Então, acredito que são coisas que por algum motivo somos, está intrínseco dentro de nós. Acho que deva existir um motivo da causa.

Mas, nem tudo é necessário conhecer a verdadeira causa, primeiro tem coisas que é difícil mudar, e outra, quando não prejudica, não vejo porque alterar.

E essa afirmação é algo que tento sempre reafirmar para mim mesma. Tenho hábito de querer sempre saber sempre o porquê de tudo e às vezes isso se torna cansativo e até gera estresse ou até mesmo um desperdiço de tempo.

  • O que ainda falta na sua vida?

Pergunta difícil. Mas, tem muitas coisas que faltam e que nem sei se posso realizá-las. Parei de uns tempos pra cá em me preocupar com o que não tenho e tentar focar mais no momento e nas coisas que posso ter acesso. E acho que isso tem me feito bem. Sou hoje uma pessoa mais tranquila e sinto bastante prazer em pequenas coisas. Adoro a natureza, descobrir coisas, ter uma conversa inteligente sobre algo com alguém, estar com minha família, fazer meus trabalhos para o blog, unir o que amo com minha profissão e tal. São pequenas coisas que tenho tentado focar e aproveitar sem pensar mais adiante.

Tenho sonhos e metas. Mas, tenho uma ideia que quando se fala muito sobre algo acaba dando errado e, então prefiro ir só mantendo elas para mim!


 O que me direcionou para elaborar minhas questões

Hoje (04 nov 15) assisti “Não me abandone Jamais”, filme inspirado na obra de Kazuo Ishiguro, lançado em 2010. É um filme que incomoda bastante e nos remete a questões do tipo a que a Silvia colocou, ou seja, nos leva a refletir sobre a vida e a sua brevidade.

No filme a personagem principal Kate H. inicia uma narrativa que já provoca um impacto. Sou bastante sensível e sempre faço analogias e me coloco no lugar da pessoa sempre, então imagine você. E quando ela se apresenta e começa a contar sua história entramos nas lembranças dela, e sua dor passa a ser nossa.

Cena do filme

Cena do filme ” Não me abandone Jamais – 2010″

O filme para quem tiver interesse em conhecer é só assistir abaixo.

Sinopse do Livro

Kathy H. tem 31 anos e está prestes a encerrar sua carreira de “cuidadora”. Enquanto isso, ela relembra o tempo que passou em Hailsham, um internato inglês que dá grande ênfase às atividades artísticas e conta, entre várias outras amenidades, com bosques, um lago povoado de marrecos, uma horta e gramados impecavelmente aparados. No entanto esse internato idílico esconde uma terrível verdade: todos os “alunos” de Hailsham são clones, produzidos com a única finalidade de servir de peças de reposição. 
Assim que atingirem a idade adulta, e depois de cumprido um período como cuidadores, todos terão o mesmo destino – doar seus órgãos até “concluir”. Embora à primeira vista pareça pertencer ao terreno da ficção científica, o livro de Ishiguro lança mão desses “doadores”, em tudo e por tudo idênticos a nós, para falar da existência. Pela voz ingênua e contida de Kathy, somos conduzidos até o terreno pantanoso da solidão e da desilusão onde, vez por outra, nos sentimos prestes a atolar.

(diponível em:< http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=11898> Acesso em: 04 de novembro de 2015).


Minhas perguntas

Com base na influência da reflexão que o filme me proporcionou elaborei as minhas perguntas.

1- Você já conheceu alguém que mudou ou teve uma influência muito grande em sua vida? Pode dividir um pouco a história conosco?

2- Como é para você o processo de construção de uma verdadeira amizade? Em Grey’s Anatomy existe uma frase que virou moda. Que é quando a Dra Meredith Grey diz para a Dra Cristina Yang que ela é a pessoa dela. E isso implica em ter uma amizade de almas, aquela pessoa que olha pra você e sabe o que acontece com você. Existe esta pessoa na sua vida? Se sim, conte-me um pouco sobre ela e a história de vocês?

3- Em uma amizade qual é a “lei” que segundo a sua opinião deve ser mantida para o bom relacionamento?


Blogs Indicados

Silvia Souza se quiser responder a essas perguntas por comentários ou por e-mail adoraria ter suas impressões.

Os benefícios de beber café – Minha queridíssima Lê!

Fabulônica – Ju, é óbvio que quero conhecer isso sobre você!

Coelho da Lua – Mayara e Flávia – Meninas. Não posso deixá-las de fora! Rs

A parte e o todo de mim – A bela Cris Campos com toda a sua profundidade em criar os mais perfeitos poemas não poderia deixar de pensar em você para responder a essas perguntas.

Lendo Muito – Alex impossível te deixar fora disso… Sorry!

Only Secret dreams – Natália se puder gostaria de conhecer o que pensa a respeito. Demonstra tanta maturidade para a idade que tens.

Vogue Addiction – E a querida Estela não poderia deixar de adicionar um pouco mais a essa discussão tão fundamental a todos nós.

Casuísmo – Gil Nascimento sei que é um cara bastante ocupado. Mas, imagino que devas ter boas respostas para tais questões. Espero que possa participar.

Blog do Palhão – Lucas com base no que leio sobre as coisas que escreve, imagino que tenha ótimas respostas para compartilhar conosco sobre essas questões.

E, é isso! No mais, queridos amigos!

Desejo a todos uma linda amizade e que muitos laços possam ser construídos para fortalecer nossa rede de segurança.

Abraços

Carinhosamente

Laynne Cris

Anúncios

Sobre laynnecris

Sou Elaine C. Andrade. Hoje (2017) tenho 38 anos. Sou apaixonada pela leitura e por escrever. Sou formada em Pedagogia e pretendo me especializar em Inglês, alfabetização e gestão escolar. Tenho uma fascinação por músicas e Inglês. Atualmente tenho me dedicado muito na busca da fluência e sou professora alfabetizadora em Inglês. Minha meta é passar no exame da IELTS e talvez morar fora um tempinho. A leitura é para mim um meio muito prazeroso de poder atingir locais e lugares inimagináveis, além de ser uma terapia e uma fonte de conhecimento sem fim. E quando aprendemos nos proporcionar esses momentos para entretenimento, ler torna-se uma atividade necessária para o dia a dia. Também gosto de desenhar, colorir, ouvir músicas. No entanto, faço com menos frequência (só quando surge aquela vontade enorme ou sobra um tempinho). Agora ler nunca estou sem ler algo e onde vou tenho um livro comigo. Me sinto mal se não posso ler. É uma necessidade. Embora ultimamente tenho lido mais livros técnicos e materiais em Inglês. Nasci em Suzano e atualmente moro num bairro de Mogi das Cruzes e estou aprendendo a me adaptar por aqui. Também adoro participar de comunidades de leitura no facebook e canais literários do youtube. Conhecer pessoas, descobrir novos talentos e as vezes encontramos pessoas muito maravilhosas. Enfim, sou uma mulher e profissional comprometida e apaixonada pelo que faço, amo minha minha família e amigos mais que tudo neste mundo. "Que aonde eu passar eu faço amigos e possa agregar valores e aprender também". Laynne Cris
Esse post foi publicado em TAGs e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

25 respostas para TAG Scarlet Moon Blogger Award

  1. Encantada com as tuas respostas, Laynne! Amei! E amei ainda mais ter criado as perguntas de uma forma tão diferente e dedicada, que lindo! Gostei também como falou de mim para a indicação! Você é uma fofa! Beijinhosss ❤ ❤ ❤

    Curtido por 1 pessoa

  2. Letícia disse:

    Muitas ideias borbulhando na minha mente, vou tentar coloca-las em palavras:

    – muito boa essa TAG! Adorei. Responderei com prazer e pensarei muito nas respostas das perguntas que fez! hahaha :”) foram feitas para pensar mesmo.

    – sobre o livro/filme: fiquei imensamente interessada! Sério. Tão “Fragmentados” quanto possível! Amei. Parece ser uma historia daquelas que você sente vontade de estar lá para ajudar de alguma forma, sério.

    – adorei o que disse sobre ser mãe e tudo o mais! Acredito que o melhor dessa situação é essa mesmo, estar melhorando sempre. Ninguém é perfeito, nem mães. Mas saber disso e tentar melhorar a cada dia as fazem pessoas maravilhosas! Então, sendo assim, parabéns Lay *_*

    E eu ia comentar outras coisas mas me atrapalharam umas 4 vezes aqui no trabalho e acabei divagando e esqueci do que queria falar @_@ hahaha ODEIO ISSO!

    (E sim! To pelo celular. Terrível!)

    Beijo e aguarde minhas respostas hahaha

    Curtido por 2 pessoas

    • laynnecris disse:

      Meu… você é uma pessoa incrível. Tem uma eloquência para se expressar com pouco tempo e com interrupções… Imagino quando tiver um monte de tempo a disposição (se eh que isso acontece, neh)….

      Mas, super obrigada por seus comentários. Sinto verdade e carinho neles. E, realmente a sensação de nunca atingir um ideal é algo que sempre acompanha. E não sei se um dia isso vai ter um ponto final. Só espero ter sido o melhor que conseguir até o dia que não puder mais “Ser”.

      Ah, e as perguntas são mesmo muito reflexivas… eu sou um tanto intensa e não consigo não ser assim por aqui no blog também… Afinal, o que escrevemos e fazemos acaba sendo uma extensão de nós mesmo…

      Um grande abraço e um super fim de semana…

      Curtido por 1 pessoa

  3. Participarei sim Laynne, e muito obrigado pala indicação, esse fim de semana tirarei só para Tags ^^

    Tenha um lindo dia…
    Beijos

    Curtido por 2 pessoas

  4. Silvia Souza disse:

    Obrigada por suas respostas!
    Suas perguntas não são fáceis de serem respondidas também. Mas farei minhas reflexões sobre elas.
    Um beijo grande!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Laay, muito obrigada por me indicar para responder essa tag, e me sinto honrada por isso ❤
    Amei suas perguntas e claro que irei ter que pensar MUITO para responde-las, pois são bem reflexivas mesmo.
    E sobre o filme/ livro fiquei super interessada tanto em assistir quanto ler, embora queira muito ler ao livro, estou meio sem tempo para pegar um e ler ultimamente e nas próximas semanas vai ser tudo meio corrido, e quando leio não gosto que tenha quebras haha, então vou procurar o filme para assistir.
    Adorei o que você falou sobre ser mãe, e acho que deve ser assim mesmo, ir se aperfeiçoando cada vez mais, porque vamos combinar que nós não somos totalmente perfeitos, mas creio que você deva ser uma ótima mãe, porque até fazer gostar da leitura você fez sua filha gostar rs.
    Também sou assim, no quesito de quando tenho algum sonho/meta, não gosto de ficar espalhando por aí e falando para todo mundo, porque as vezes nem pode dar certo, e sempre costumo ser pé no chão e encarar o que tenho no momento, mas também não desisto dos meus sonhos, então acho que um dia conseguimos realizar pelo menos alguns :)) (tem que pensar positivo sempre!)
    Grande beijo :*

    Curtir

    • laynnecris disse:

      ❤ Não são mesmo resposta fáceis. Talvez passamos quase uma vida e não se saiba as respostas. Mas, a importância é tornar à atenção pra isso, tornar-se sensível para perceber a importância da verdadeira amizade e tentar mesmo que imperfeito e desajeitado abrigar este precioso relacionamento! Beijos e bom fds!

      Curtido por 1 pessoa

  6. Cris Campos disse:

    Lay, que post mais sensível e delicado… Adorei ler tuas respostas tão maduras e sensíveis. Adorei saber que lembrou de mim. Depois te darei meu parecer sobre suas questões tão bem elaboradas.

    Obrigada por sua presença lá, e pra mim é uma alegria saber teu sentimento.

    Bjos grandes querida. 😉

    Curtido por 1 pessoa

  7. MorgauseDs disse:

    Oi, foi conversar comigo viu no que deu? rsrs Te indiquei em uma Tag pra você juntar com as potras aqui. Não vi se já respondeu uma dessas, mas sempre muda né? Ficaria feliz se respondesse. Bjoo 😀 https://morgauseds.wordpress.com/2015/11/07/tag-o-que-voce-acha-que-sabe-sobre-a-louise-carneiro/

    Curtido por 1 pessoa

  8. Juliana Lima disse:

    Lay respondi a tag ehehehe
    Amei suas respostas, sua filha deve ser uma graça (não estou falando só porque ela é fã do Tolkien eheheheh).
    O silêncio é tudo nessa vida, mas a pergunta da solidão é difícil.
    E concordo com você, às vezes, o melhor é guardar os sonhos para si, pelo menos até que se realizem.
    Beijão obrigada pela indicação. S2

    Curtido por 1 pessoa

  9. aparecidadias disse:

    Olá, Layne,
    Gostei de conhecer mais um pouquinho de ti.
    Vejo que gostas de ler e ficar mergulhada no mundo da literatura.
    Nesse aspectos temos algo semelhante.
    Um abraço.

    Curtir

  10. naomitanabe disse:

    Oie!! Tô terminando de responder às suas perguntas, e meoo (!!), não paro de pensar como colocar em palavras! Em breve!

    Curtido por 1 pessoa

Sua opinião é muito importante para mim! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s