O ORIGEM DO HALLOWEEN

capa projeto 01

Hoje não é mais dia de Halloween. Mas, no dia 31 estava ausente e não pude fazer a pesquisa e preparar este post.

Mas, como nunca é tarde! Decidi escrever este artigo e quero aproveitar para tê-lo como modelo para que seja o primeiro post-aula para o “PROJETO APRENDER COM PRAZER”.

E, sendo assim, todos os interessados em colaborar com o projeto, terão a oportunidade de materializar a ideia e ver como é simples e objetiva a ideia. Além de ser um ótimo exercício mental e uma prática da escrita.

Então, é o seguinte!

Era manhã, todos estavam na cozinha e falavam sobre fantasias e onde seria a festinha para comemorar o dia do Halloween. Foi então que um menino de 6 anos que ouvia toda a conversa atenciosamente perguntou:

“Por que chama Halloween?” – e aguardou a resposta. A maioria das pessoas não sabia o que responder e as resposta que o garote teve foram:

“É porque é uma festa das bruxas! É isso! Halloween. É Halloween, não tem nada demais!”

Ouvi de longe a conversa e vi o olhar dele de decepção. Depois sentei com ele e juntos, procuramos saber o porquê Halloween ganhou esse nome.

E, é sobre essa conversa que quero compartilhar com vocês. Que como eu e ele somos guiados por uma interessante C-U-R-I-O-S-I-D-A-D-E!

E, caro amigo, uma boa curiosidade munida de interesse e uma boa orientação nos faz trilhar por longos caminhos rumo à fuga da ignorância.

halloween

Então vamos por partes.

A festividade que originou o que hoje conhecemos como Halloween, vem de muito e muitos anos atrás. Conta-se que civilizações antigas celebravam nesta data, final de outubro, a última colheita do ano e iniciava o armazenamento de alimentos para o inverno.

No site mundo da educação temos a informação que os povos que ficarão mais conhecidos da sociedade celta, eram os chamados druidas,  uma classe diferente de médico-sacerdotes-historiadores. E ocupavam as regiões que hoje pertence a Inglaterra e a Irlanda.

Afirma-se que o primeiro nome conhecido para esta festividade era “Samhaim”, e que segundo o Wikipédia era considerado o ano de passagem para os celtas.

E como essa passagem para o inverno era também conhecida como a época em que os mortos retornavam para suas casas para visitar os familiares, se alimentar e se aquecer do frio, acendiam-se as lareiras e velas para orientar os espíritos.

Este era também um período bastante místico para este povo, acreditavam que podiam ver os elfos, acreditavam que o nevoeiro advindo com o inverno deixava as pessoas invisíveis, etc.

samhain-2012-aicholding-10

NOTA:

Importante para compreensão deste estudo, saber que os celtas eram um conjunto de povos organizados em múltiplas tribos que se espalharam por grande parte do oeste da Europa á partir do segundo milênio antes de Cristo. Em breve algo sobre civilizações antigas, algo que gosto muito de estudar.

Mas, e ai? Como foi que surgiu a palavra “Halloween”, explico:

Avançando um pouco no tempo chegamos à era cristã. Segundo o site Brasil Escola, os celtas (também chamado de povos pagãos) influenciaram a cultura europeia durante o tempo de disseminação do cristianismo.

Os cristãos celebravam e adoravam a todos os santos no mês de maio, mas por volta do século IX, a igreja fez uma adaptação e a festa sagrada foi transferida para o dia 1º de novembro.

Para que os bárbaros (termo utilizado para designar todos os povos que eram considerados como não-civilizado), então, estes povos poderiam associar a festa cristã com a celebração do Samhaim que já era bastante disseminada, 31 de outubro.

Uma grande sacada de “marketing”, não concorda?

E o nome Halloween veio justamente por ser antes da festa de todos os santos, que aconteceria no dia 01 de novembro conforme citado.

halloween 3

E com a ligação que a celebração de Samhaim faz com a volta dos espíritos e o modo como os povos antigos se preparavam para recebê-los; o Halloween ganhou mais elementos místicos durante o período da Inquisição (Outro tema que provavelmente terá por aqui na área de história) que durante a Idade Média perseguiu e acusou muitos indivíduos de bruxaria.

Com essa mistura de culturas, crenças e interesses políticos o Halloween ganhou vários personagens e se espalho por toda a Europa e Américas.

Um personagem que é bem representado nessa celebração é a lenda de Sting Jack, um mito irlandês. Diz á lenda que Jack importunou e pregou uma peça no diabo e quando morreu não foi aceito nem no céu por ter um acordo com o diabo e nem no inferno e foi condenado a vagar pela face da Terra com uma lanterna.

Os Irlandeses vieram para a América do Norte e o Jack ficou conhecido. E hoje a famosa abóbora que se acende nas celebrações do Halloween é uma alusão a este personagem.

E o Halloween se transformou numa grande festividade tradicional bastante conhecida no mundo ocidental.

halloween 4

Bom, até aqui já sabemos o porquê essa celebração do dia 31 de outubro ganhou esse nome e por sinal no dia 02 de novembro temos o dia de Finados. 

Cabe agora, conhecer alguns fatos interessantes sobre o Halloween:

– O uso de fantasias tinha o objetivo de afastar os espíritos dos mortos. Diz-se que nesta data os mortos procuravam por corpos para retornar a vida. Que tenso, né!

– O costume de pedir doces tem a ver com o fim da colheita, por ser uma época de fartura esses povos antigos retiravam parte de suas colheitas e ofereciam para as divindades em sinal de respeito e agradecimento. Outra história que conta-se sobre este costume é que quanto mais doces distribuídos mais orações eram oferecidas aos parentes mortos. Era algo como uma troca de favores.

– Após ser cristianizado o conhecido costume, “doces ou travessuras”, simboliza a libertação, em que as crianças poderiam desfrutar de maior liberdade. Teve época em que o – “travessuras” foi bastante violento e considerado atos de vandalismo.

– O uso das abóboras para fabricação de lanternas possuem relações com os rituais de fogo que marcava a festa do Sol. E, também faz referência a lenda irlandesa de Jack O’Lantern.

Viu, nada é por acaso! Legal, conhecer um pouco sobre a história, né. Particularmente, adoro!

Tudo o que imaginamos tem uma longa história por trás. Se quiser conhecer mais continue pesquisando com base nestas pequenas informações aqui citadas, que inclusive é um assunto que se puxar um fiozinho vai longe.

Deixo aqui algumas dicas de títulos para aprofundar no assunto. Faça uma pesquisa e enjoy it.

  • A lenda de Sting Jack
  • Festa do Sol
  • Samhain
  • Inquisição
  • Antigas Civilizações

Compartilhe conosco suas descobertas! Faça um texto e envie para o e-mail: myespacoliterario@hotmail.com.

Escrever é pensar organizado. Pratique. Pense e compartilhe. Educação em Ação!


Referências bibliográficas

SOUSA, Rainer Gonçalves. “História do Halloween”; Brasil Escola. Disponível em <http://www.brasilescola.com/halloween/historia-halloween.htm&gt;. Acesso em 05 de novembro de 2015.

SOUZA, Rainer Gonçalves. 31 de outubro – Halloween; Mundo Educação. Disponível em<http://www.mundoeducacao.com/datas-comemorativas/halloween.htm&gt;. Acesso em 05 de novembro de 2015.

Nota: Rainer Gonçalves Souza é mestre em História e colabora com textos para os sites referidos na bibliografia.

assinatura

Um grande abraço carinhoso

Anúncios

Sobre laynnecris

Sou Elaine C. Andrade. Hoje (2017) tenho 38 anos. Sou apaixonada pela leitura e por escrever. Sou formada em Pedagogia e pretendo me especializar em Inglês, alfabetização e gestão escolar. Tenho uma fascinação por músicas e Inglês. Atualmente tenho me dedicado muito na busca da fluência e sou professora alfabetizadora em Inglês. Minha meta é passar no exame da IELTS e talvez morar fora um tempinho. A leitura é para mim um meio muito prazeroso de poder atingir locais e lugares inimagináveis, além de ser uma terapia e uma fonte de conhecimento sem fim. E quando aprendemos nos proporcionar esses momentos para entretenimento, ler torna-se uma atividade necessária para o dia a dia. Também gosto de desenhar, colorir, ouvir músicas. No entanto, faço com menos frequência (só quando surge aquela vontade enorme ou sobra um tempinho). Agora ler nunca estou sem ler algo e onde vou tenho um livro comigo. Me sinto mal se não posso ler. É uma necessidade. Embora ultimamente tenho lido mais livros técnicos e materiais em Inglês. Nasci em Suzano e atualmente moro num bairro de Mogi das Cruzes e estou aprendendo a me adaptar por aqui. Também adoro participar de comunidades de leitura no facebook e canais literários do youtube. Conhecer pessoas, descobrir novos talentos e as vezes encontramos pessoas muito maravilhosas. Enfim, sou uma mulher e profissional comprometida e apaixonada pelo que faço, amo minha minha família e amigos mais que tudo neste mundo. "Que aonde eu passar eu faço amigos e possa agregar valores e aprender também". Laynne Cris
Esse post foi publicado em Conhecimento Gerais, Cultura, História e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

52 respostas para O ORIGEM DO HALLOWEEN

  1. roccalex1 disse:

    Puxa amiga, que interessante. Sabia que os Druidas é que começaram com esta festividade, mas não sabia que tinha o nome de Samhaim.
    Obrigado por me acrescentar mais cultura.
    Super beijo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Ai Lay, adorei saber um pouco mais sobre a origem do Halloween, achei super interessante! E essa história dos doces? Bem legal saber que é por conta das colheitas… E adorei o começo do post, sobre a fala do menininho hehe.
    E esse teu projeto tem tudo para dar certo viu? 💛 Como já disse a ti que irei participar, estou me organizando para escrever sobre alguma matéria, dicas de estudo e tudo o mais :))
    E ah, muito obrigada por ser essa pessoa incrível e cheia de conhecimento e nos trazer posts como esses, amei!
    Grande beijo 😘

    Curtido por 1 pessoa

    • laynnecris disse:

      Obrigada, Nat. Nossas vivências são repletas de oportunidades de aprendizado, né!
      Se estamos atentos aprendemos muito com tudo.E hoje em dia com tanta informações é tudo questão de aprender a organiza-las melhor a fim de produzir um material simples e que desencadeie um leque de caminhos para uma autonomia do aprender.

      E, poxa! Adoro crianças! Através deles aprendi e ensinei muita coisa. Fazem cada pergunta que os adultos por estarem tão entretidos com outras coisas nem ligam mais.

      ❤ Faça no seu tempo! Acredito que vai trazer coisas muito positivas para somar com o projeto. O projeto é nosso!
      E tenho certeza que vai ser sim um sucesso, com tanta com tanta gente maravilhosa prestando seus conhecimentos.

      Educação em Ação é o meu lema!

      Curtido por 1 pessoa

  3. Oiiie amor, te indiquei para uma tag, ❤ . Se já tiver respondido fique à vontade para ignorar. Beijinhooos
    https://garotasperigosas.wordpress.com/2015/11/05/tag-descobrindo-novos-blogs/

    Curtido por 1 pessoa

  4. Silvia Souza disse:

    Fantástico, Laynne!
    Adorei saber mais sobre a história e a origem do nome.
    Não sabia de nada disso.

    Curtido por 1 pessoa

  5. Juliana Lima disse:

    Amo o Halloween… não sei pq ehehehehe acho que é minha alma de bruxa😂😂😂
    Mas falando sério é muito bom um post que explique a origem para que haja menos preconceito com a data.
    Beijão Lay💜

    Curtido por 1 pessoa

  6. MorgauseDs disse:

    Você conseguiu resumir muito bem uma história enorme. rsrs Eu não conseguiria. Ficou ótimo! Quanto ao sincretismo, são quatro datas importantes, o Samhaim é apenas uma delas, o ano novo, como você bem disse. Mas é muito interessante a relação das outras três, com festas católicas, como Natal, festas juninas, etc. Todas sofreram o mesmo processo de marketing, como disse bem. Pesquisando mais ainda, vai ver que o Samhaim que se comemora aqui, no nosso hemisfério, está na data errada, deveríamos comemorar em 1 de Maio no hemisfério Sul. Samhaim é o anoitecer do ano pagão onde se prepara para o Inverno. Nós comemoramos aqui, as datas do hemisfério Norte. Até nossa querida árvore de Natal e os ovos de Pascoa, são símbolos pagãos. Adoro essas histórias. Tem tanto pra concordar e discordar…rsrs Parabéns! Ficou muito bom seu post. Bjoo 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  7. Letícia disse:

    lay! Já começou extremamente bem. Adorei saber mais sobre a origem do halloween. É uma coisa que gosto mas nunca pesquisei haha :~~ interessante isso sobre celtas e bárbaros e tudo o mais, acabou surgindo uma ideia ótima! Esse lance de trick or treat acaba sendo a coisa mais legalzinha de tudo hahha gosto de ver filmes sobre o tema, e ver a garotada jogando rolos de papel higiênico pelas casas hahahha
    Beijão Lay =*

    Curtido por 1 pessoa

  8. Pingback: Gêneros Literários – Parte 01 | Meu Espaço Literário

  9. Pingback: Gêneros Literários – Projeto Meu espaço Literário / Laynne |

  10. Pingback: Projetos + 10 dicas para escrever bem |

  11. Laércio Becker disse:

    Parabéns pela pesquisa! Mas me diga uma coisa, qual é sua opinião sobre a “importação” dessa festa aqui para o Brasil? Há muito debate sobre isso. Se não me engano, o Aldo Rebelo, quando era deputado, queria instituir o “Dia do Saci” no dia do halloween. (Uma tentativa risível de “nacionalizar” a festa, ou digna de submetê-la à nossa proverbial antropofagia?)
    Minha tendência, a princípio, é de ser contra essa importação, por não ter raízes nesta terra etc. Só que, em seguida, me dou conta de que muitas de nossas outras festividades também foram importadas, também não tinham raízes por aqui. Ou seja, talvez não tenhamos muita moral para impor essa “barreira cultural”… O que vc acha?

    Curtido por 1 pessoa

    • laynnecris disse:

      Oi, obrigada. E muito pertinente e boa a sua colocação. A minha singela opinião como cidadã brasileira, como uma curiosidade acerca das coisas e de suas origens. Acho que se formos nos aprofundar tudo (ou quase tudo) é cópia de algum lugar.
      Mas, essas festividades no meu ver não tem o intuito real que elas significaram para seus povos. Tudo por vira comércio e puro consumismo. Olha o que virou o Natal? Assim de imediato não acho que Saci perere combina com “halloween”, embora as festinhas aqui no Brasil as pessoas apenas usam a data para se fantasiar. Distanciam-se muito do verdadeiro significado. Brincadeira por brincadeira não vejo necessidade de tipo um deputado ficar se preocupando com isso com a situação que vive nosso Brasil.

      Mas, sou apenas uma pessoa que gosta de ler um pouco. Adoro história antiga e tal e não me vejo impedida de admirá-la, assim como também temos nossas muitas crenças e mitos.

      Um grande abraço

      Curtido por 1 pessoa

Sua opinião é muito importante para mim! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s