Doce Criança – Poema 2

Poema 2 Doce Criança

Poema 2
Doce Criança

Oh, Doce Criança!

Que escondes tu de Mim?

Posso ouvir na sua voz

A nota triste que aflige o teu “canto”!

Oh, quão miserável sou!

Onde estive que não pude te ouvir?

Pudera eu estar tão ocupada assim?

Reunindo os pedaços que restou de mim?

Oh, Venha pobre Criança!

Permita-me ao menos

Enxugar-lhe o teu pranto

E se deixares,

Pra ti serei um acalanto.

Oh, Não fique triste assim!

Doce Criança!

És pra mim o Sol da Esperança!

By Laynne Cris

Obs.: Leia o poema ao som da Canção “Lullaby” – Creed

Lullaby

Lullaby

Anúncios

Sobre laynnecris

Sou Elaine C. Andrade. Hoje (2017) tenho 38 anos. Sou apaixonada pela leitura e por escrever. Sou formada em Pedagogia e pretendo me especializar em Inglês, alfabetização e gestão escolar. Tenho uma fascinação por músicas e Inglês. Atualmente tenho me dedicado muito na busca da fluência e sou professora alfabetizadora em Inglês. Minha meta é passar no exame da IELTS e talvez morar fora um tempinho. A leitura é para mim um meio muito prazeroso de poder atingir locais e lugares inimagináveis, além de ser uma terapia e uma fonte de conhecimento sem fim. E quando aprendemos nos proporcionar esses momentos para entretenimento, ler torna-se uma atividade necessária para o dia a dia. Também gosto de desenhar, colorir, ouvir músicas. No entanto, faço com menos frequência (só quando surge aquela vontade enorme ou sobra um tempinho). Agora ler nunca estou sem ler algo e onde vou tenho um livro comigo. Me sinto mal se não posso ler. É uma necessidade. Embora ultimamente tenho lido mais livros técnicos e materiais em Inglês. Nasci em Suzano e atualmente moro num bairro de Mogi das Cruzes e estou aprendendo a me adaptar por aqui. Também adoro participar de comunidades de leitura no facebook e canais literários do youtube. Conhecer pessoas, descobrir novos talentos e as vezes encontramos pessoas muito maravilhosas. Enfim, sou uma mulher e profissional comprometida e apaixonada pelo que faço, amo minha minha família e amigos mais que tudo neste mundo. "Que aonde eu passar eu faço amigos e possa agregar valores e aprender também". Laynne Cris
Esse post foi publicado em Poemas e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Doce Criança – Poema 2

  1. Letícia disse:

    Ahhhh, amei a canção 😊
    E o poema, é claro!!!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Lindo, amei! Você é demais Laynne!
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

Sua opinião é muito importante para mim! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s