As memórias perdidas de Jane Austen – Syrie James

As memórias perdidas de Jane Austen

As memórias perdidas de Jane Austen

JAMES, Syrie. As memórias Perdidas de Jane Austen. Tradução Claudia Mello. 1ª Ed. Rio de Janeiro: Record, 2013.

“Ah! A satisfação que uma pena e tinta e papel podem oferecer quando se tem eventos de um calibre tão surpreendente para relatar, e o conhecimento de que eles serão entregues a um destinatário tão vitalmente interessado! Você pode imaginar com que profusão de emoções e ansiedade eu relatei cada palavra e nuance daquele incidente quando, finalmente, consegui terminar a carta para Cassandra” (JAMES, 2013, p. 225)

Qualquer fã da Jane Austen já deve ter imaginado como foi sua vida, quais eram as suas perspectivas para a vida, quais eram seus sonhos, quais e como eram suas relações, como era seu comportamento e temperamento, etc. Especialmente por ser a vida desta autora tão cercada de mistérios e poucas informações pessoais e o que todos nós sabemos é que ela é conhecida como “Querida tia Jane, Doce Jane…”.

Eu mesma diante da leitura de suas obras fico a imaginar o quanto dela tem naqueles personagens tão bem construídos e que praticamente parecem ser pessoas retratadas da realidade, não apenas uma figura ficcional. Quem não morre de rir com a Sra. Bennet, ou quer afogar a Sra. Elton, ou acha fofíssimo o Sr. Bennet, ou morre de amores pelo Sr. Darcy ou pelo Sr. Knightley? (risos)

Syrie James é uma autora que gosta de dar vida a personagens reais, já publicou: “O primeiro amor de Jane Austen, O manuscrito perdido de Jane Austen, Os diários secretos de Charlotte Brönte, Nocturne, Drácula meu Amor, Proibido, The Harrison Duet, Songbird e Preposições”. Todas essas informações podem ser melhores extraídas do site da autora www.syriejames.com.

Este é o primeiro livro que leio da autora, e gostei muito da forma de sua escrita, que é bastante similar ao da Jane, me senti como se estivesse sentada ouvindo ela me contar sua história. James tem o cuidado de fazer uso do estilo de fala da época, além de manter uma narrativa fluída e bem embasada com o que se conhece da vida de Jane Austen. Sua narrativa contêm uma dose caprichada de descrição que permite que entremos na era de Jane Austen e é possível visualizar cada rua, cada cenário, cada conversa, cada emoção, cada personagem, cada situação, etc.

O livro é emocionante, cativante, prende e diverte do começo ao fim. Já li duas vezes e nas duas vezes senti as mesmas emoções, as mesmas expectativas e o mesmo deslumbre. A primeira leitura foi em fevereiro de 2014, e agora em julho de 2015,  e com certeza o lerei o ano que vem novamente. Pois parece que nunca se esgota e é uma forma de recriar um filme sobre a vida de Jane Austen.

O que tem de especial neste livro? Aqui a autora faz suas conjecturas sobre um provável romance que Jane possa ter vivido e os motivos pelo qual ela nunca quis revelar ou porque nunca ninguém teve notícia alguma sobre algum envolvimento amoroso da escritora.

James permite que a história recriada por ela seja repleta da personalidade que se têm acerca de Jane Austen, então a história e a situação descrita tornam-se tão genuínas e críveis que é impossível não acreditar que os fatos aconteceram.

Outro fator interessante do livro, é que James une os livros escritos por Jane como se fossem inspirações baseadas em suas próprias experiências (algo que eu particularmente acredito que possa ter sido mesmo assim, pois a própria Jane relata que jamais poderia escrever algo da qual não tivesse conhecimento ou experiência). Então, em algum momento da leitura vemos cenas de Razão e Sensibilidade, Orgulho e Preconceito, Persuasão, A abadia de Northanger, etc

O livro é bonito e elegante desde a capa. Tem no início um mapa da Inglaterra de 1800, que James nomeia de “A Inglaterra de Jane Austen”, também possui uma árvore genealógica completa da família Austen. O prefácio do autor também é recheado de informações que prepara o leitor para adentrar ao mundo de Jane Austen com convicções de que vivenciará a vida da nossa querida Jane.

O livro tem vinte e sete capítulos mais o posfácio, com informações sobre as edições das obras da autora e algumas considerações sobre o livro e sobre o período em que Jane ficou doente.

É um livro para ler em qualquer lugar, pois é capaz de te raptar para o seu núcleo e nos libertar de nossa realidade.

Até breve e ótimas leituras!

Por Laynne Cris

Anúncios

Sobre laynnecris

Sou Elaine C. Andrade. Hoje (2017) tenho 38 anos. Sou apaixonada pela leitura e por escrever. Sou formada em Pedagogia e pretendo me especializar em Inglês, alfabetização e gestão escolar. Tenho uma fascinação por músicas e Inglês. Atualmente tenho me dedicado muito na busca da fluência e sou professora alfabetizadora em Inglês. Minha meta é passar no exame da IELTS e talvez morar fora um tempinho. A leitura é para mim um meio muito prazeroso de poder atingir locais e lugares inimagináveis, além de ser uma terapia e uma fonte de conhecimento sem fim. E quando aprendemos nos proporcionar esses momentos para entretenimento, ler torna-se uma atividade necessária para o dia a dia. Também gosto de desenhar, colorir, ouvir músicas. No entanto, faço com menos frequência (só quando surge aquela vontade enorme ou sobra um tempinho). Agora ler nunca estou sem ler algo e onde vou tenho um livro comigo. Me sinto mal se não posso ler. É uma necessidade. Embora ultimamente tenho lido mais livros técnicos e materiais em Inglês. Nasci em Suzano e atualmente moro num bairro de Mogi das Cruzes e estou aprendendo a me adaptar por aqui. Também adoro participar de comunidades de leitura no facebook e canais literários do youtube. Conhecer pessoas, descobrir novos talentos e as vezes encontramos pessoas muito maravilhosas. Enfim, sou uma mulher e profissional comprometida e apaixonada pelo que faço, amo minha minha família e amigos mais que tudo neste mundo. "Que aonde eu passar eu faço amigos e possa agregar valores e aprender também". Laynne Cris
Esse post foi publicado em Resenhas e Comentários e marcado , . Guardar link permanente.

7 respostas para As memórias perdidas de Jane Austen – Syrie James

  1. Laynne, minha linda. Não resisti à sua indicação, comprei o livro pelo kindle e até comprar o físico, já estou lendo. Quero apenas aqui escrever que me emocionei várias vezes com nossa querida Jane. Não consigo parar a leitura, acredito que até amanhã termino. Meu sentimento nesse exato momento está tão variado e eloquente que sinto não poder expressar com exatidão, eu poderia ler esse livro diversas vezes e nem assim conseguiria definir a alegria da descoberta, é um tesouro saber mais sobre Jane de uma forma tão bem escrita como a Syrie James o fez.
    Não vou escrever mais porque serei demasiadamente repetitiva nas minhas colocações. Apesar de não ter terminado a leitura, estou amando. Obrigada pela excelente indicação.
    Um beijo grande e até mais!

    Curtir

    • laynnecris disse:

      Oi, Danne… que encanto saber! Fã mesmo não resiste, não eh? Pois é, esse livro é um encanto! Já o li 2 vezes e nas duas vezes senti as mesmas emoções. Cenas da Jane foram se criando na minha cabeça e pude reviver aqueles momentos com tamanha singularidade que é possível escrever que é uma ficção. A Syrie foi uma mestra na escrita… eu adorei ler este livro tanto quanto ler um da própria Jane.

      Um beijão…
      Vai fazer resenha? Eu vou adorar saber sua opinião…

      Curtido por 1 pessoa

  2. Pingback: Homenagem ao Dia do Poeta – 20 de outubro | Meu Espaço Literário

  3. Pingback: TAG 10 – Senhora Senhora | Meu Espaço Literário

  4. Pingback: Jane Austen – 240 anos | Meu Espaço Literário

  5. Pingback: Liebster Award 2016 | Meu Espaço Literário

Sua opinião é muito importante para mim! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s