Impressões sobre: Enquanto ela contava histórias

Enquantoelacontavahistorias

Enquanto ela contava histórias

EL-JAICK, José. Enquanto ela contava histórias. 1ª Ed. Rio de Janeiro: Rocco, 2014.

Sobre o autor
El- Jaick é um médico aposentado nascido em Nova Friburgo, Rio de Janeiro. Dedica-se a escrever, é amante da literatura a vida toda, e após sua aposentadoria se entrega a esse amor. Suas estórias têm como pano de fundo a arte, a literatura (as histórias mais antigas), histórias antigas, etc. Usa de uma linguagem simples e extrovertida. Apesar de ser um livro de ficção faz uma leve crítica à sociedade, política, etc. Têm outros livros lançados, o livro “O agente do Vaticano e Maldita Mulheres”.

Sobre o livro

“Enquanto ela contava histórias” conta a história de um médico brasileiro complemente envolvido com sua profissão que tem como meta de vida estar sempre entre os melhores. Apesar do grande sucesso e prestígio o médico se sente sufocado com as exigências de sua vida. Certo dia recebe um e-mail de uma espanhola que acredita ser ele um parente distante, o convida a visitar Granada acreditando que ele possa ser a esperança de trazer alegria ao avô que está quase morrendo e deseja conhecê-lo.

Apesar de não acreditar muito na ligação de sangue entre ele e a família espanhola, Paulo Roberto Bassam, decide que precisa se dar um tempo e se ausentar por uns dias de tudo que o sufoca e assim faz. Aceita o convite e embarca para Granada e combina um encontro com Nádia, neta de Tawfiq.

Tawfiq está à beira da morte e tem um sonho. Acredita que o médico poderia realizar esse sonho após saber pela neta que Roberto havia escrito um ensaio sobre um filósofo do século XII, Averróis.

E a estória toda tem como base o sonho de Tawfiq, que tem em mãos um manuscrito antigo e de autor desconhecido de uma história mais antiga ainda e que apesar de ser muito conhecida, diz-se que dá história só se expôs as partes que encantariam as pessoas. Trata-se nada mais, nada menos que o conto das “Mil e uma noites” e Tawfiq deseja vê-la publicada.

Segundo Tawfiq, o manuscrito revela fatos ocorridos na cidade onde viveu Sherazade, fatos que aconteceram na cidade antes, durante e após Sherazade ser a esposa do Sultão.

Um entrosamento romântico entre Nádia e Paulo faz com que ele acabe aceitando o grande desafio que é montar esse manuscrito, quando sabe que o velho Tawfiq só tem em mãos uma pequena parte do manuscrito, o início.

A trama é envolvente pelo fato de causar uma boa curiosidade para saber o que é que há no manuscrito e pelo envolvimento de Paulo e Nádia. Não recomendo o livro para menos de 16 por conter cenas de violência, sexuais, etc. O autor não se constrange em usar palavras e expressões fortes que realmente revelem o que deseja narrar. Graças a isso podemos visualizar e conhecer bem seus personagens e enxergar as cenas que o autor vai desenhando enquanto conta sua história (o manuscrito).

O livro é cheio de alusões e críticas à sociedade atual ou a de sempre. Nos frustra e nos alerta ao mesmo tempo que vamos conhecendo o teor de sua narrativa, por isso o considero um livro de teor adulto. Nos leva a pensar em como o ser humano é egoísta e capaz de valorizar coisas torpes a fim de se beneficiar.

Não recomendo uma leitura rápida. E pra quem curte dar uma visitada ao passado, o livro tem um bom potencial para ajudar a mente criar ou recriar imagens de um tempo em que nossos antepassados tinham como correção de conduta a morte em praça pública.

Eu, como amante de contos históricos, estórias antigas, lendas, mitos, religiões, filosofia, antropologia, sociologia, psicologia, e afins fico muito contente em ver um bom livro escrito por um brasileiro. Com certeza meu próximo livro do EL-JAICK será “Malditas Mulheres”, que pela sinopse que li, trás grandes nomes e muitas dicas literárias de milhares de anos de história.

Boas leituras

Laynne Cris Andrade

Anúncios

Sobre laynnecris

Sou Elaine C. Andrade. Hoje (2017) tenho 38 anos. Sou apaixonada pela leitura e por escrever. Sou formada em Pedagogia e pretendo me especializar em Inglês, alfabetização e gestão escolar. Tenho uma fascinação por músicas e Inglês. Atualmente tenho me dedicado muito na busca da fluência e sou professora alfabetizadora em Inglês. Minha meta é passar no exame da IELTS e talvez morar fora um tempinho. A leitura é para mim um meio muito prazeroso de poder atingir locais e lugares inimagináveis, além de ser uma terapia e uma fonte de conhecimento sem fim. E quando aprendemos nos proporcionar esses momentos para entretenimento, ler torna-se uma atividade necessária para o dia a dia. Também gosto de desenhar, colorir, ouvir músicas. No entanto, faço com menos frequência (só quando surge aquela vontade enorme ou sobra um tempinho). Agora ler nunca estou sem ler algo e onde vou tenho um livro comigo. Me sinto mal se não posso ler. É uma necessidade. Embora ultimamente tenho lido mais livros técnicos e materiais em Inglês. Nasci em Suzano e atualmente moro num bairro de Mogi das Cruzes e estou aprendendo a me adaptar por aqui. Também adoro participar de comunidades de leitura no facebook e canais literários do youtube. Conhecer pessoas, descobrir novos talentos e as vezes encontramos pessoas muito maravilhosas. Enfim, sou uma mulher e profissional comprometida e apaixonada pelo que faço, amo minha minha família e amigos mais que tudo neste mundo. "Que aonde eu passar eu faço amigos e possa agregar valores e aprender também". Laynne Cris
Esse post foi publicado em Resenhas e Comentários. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Impressões sobre: Enquanto ela contava histórias

  1. Pingback: Homenagem ao Dia do Poeta – 20 de outubro | Meu Espaço Literário

  2. Pingback: TOP 7 – livros que merecem ser lidos | Meu Espaço Literário

Sua opinião é muito importante para mim! :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s